0

Lição Moral e a inveja alheia

Hoje uma amiga me enviou uma daquelas mensagens que todos mandam por aí, do tipo "correntes". A mensagem falava muitas coisas bonitas, bonitas até demais. A pessoa que recebia, era introduzida a uma verdadeira lição. A mensagem dizia como deveríamos agir com relação a nossas vidas, o que deveríamos fazer pra aproveitarmos mais o tempo, etc.



Eu me pergunto se essas pessoas que envia estas correntes não tem mais nada pra fazer na vida.Nada contra correntes e Nada contra a minha querida amiga (e digo amiga porque a considero de verdade), o problema foi a mensagem: esse sentimentalismo cheio de moralismo digital, francamente me irrita muito.

As vezes eu tenho um ataque de raiva ao ler perfil de orkut. Tem sempre uma mensagem dizendo o que a terceira pessoa deve fazer e como ela deve agir. Mas raramente você vê esssas mensagens escritas na primeira pessoa.Vou explicar e logo você entenderá o que estou falando:
Por exemplo, já leu aquelas  mensagens assim: "Viva o hoje porque o passado se perdeu e o futuro não nasceu"?


A minha revolta com este tipo de coisa é que você nunca vê este tipo de mensagem escrita na primeira pessoa. Perceba que, pra você aconselhar uma coisa dessas, deveria ser perito em nunca chorar pelo passado, nunca dormir com medo do seu amanhã e o mais difícil, ter consciência do seu presente. Em outras palavras, você seria uma alma tão evoluída que provavelmente não nasceria neste mundo!

Me pergunto porque ele não escreveu: "A partir de hoje, eu procurarei pensar mais no meu presente, pois ando desconfiado que o meu futuro não me pertence".
Minha prima, por exemplo, escreveu uma frase muito legal esta semana no perfil dela: "Não estou sonhando muito em ser feliz pra sempre. Ser feliz pra agora está me bastando."
Admirável!
Bem melhor que aquelas lições de vida na terceira pessoa, não acha?



É tanta coisa que a gente lê, são tantos conselhos sábios, raciocínios e conclusões sobre a vida tão perfeitamente  desenhados, que desconfio que a pessoa que os manda só pode ter sido discípulo de Osho ou de Jesus.

Ontem eu li essa:"Nunca deseje a morte de ninguém, pois saiba que uma dia o tempo tratará de levá-la sem que você peça" 



Será que este indivíduo nunca desejou a morte de alguém, por um segundo sequer??? Será que ele é divino??
Pergunta se ele tem coragem de escrever isso na primeira pessoa.




É como a inveja. Eu sempre digo que a inveja só existe na terceira pessoa. Não importa com quem você conversar, o que você for ler. A inveja está sempre revestida na terceira pessoa, nunca na primeira.


Você nunca encontrará um invejoso. Nunca. A inveja está representada em todos os lugares,mas você não vê sequer um invejoso assumido.
Você vê milhares de garotas usando patuás no pescoço, correntes com um olho azul, figuinhas, arrudas, santinhos...Mas nenhuma delas é invejosa. Então, penso que quase não sobra pessoas para invejar as outras. Mas todo mundo diz que tem muitas.


Semana passada fui fazer um orçamento de cortinas pro meu escritório na loja de uma conhecida. Percebi um olho na gargantilha dela e perguntei: "pra quê serve isso?" E a ela respondeu: "Pra estampar mal olhado da invejosa da menina que trabalha comigo. Ela pega todas minhas vendas."
Olhei ao redor, animada e pensando: "Até que enfim vou conhecer um invejoso! Ouço tanto falarem dele mas ele nunca se apresenta!"
Logo, chega a menina e qual não é meu espanto quando percebo o mesmo amuleto do olho gordo no pescoço dela!
Daí eu me pergunto:
Cadê a invejosa? Qual delas?



Penso que o certo era a pessoa se sentir menos odiada.
Todas as vezes que sentimos que alguém não gosta da gente, temos a tendencia de justificar isso com a inveja. "Ela não gosta de mim porque ela tem inveja!" "Eu não vendo, porque me colocaram olho gordo"....

Eu mesma faço isso sempre. Meses atrás plantei um pé de pimenta. Ele murchou. Daí eu consultei minha mãe:
-Mãe, olha só meu pezinho de pimenta, mãe! Murchou como uma abóbora falida! É aquelazinha da faculdade que te falei mãe! Ela está me pondo olho gordo. Aquela contumácia desprecavida! 
Certamente a inveja dela pegou no meu pé de pimenta ao invés de mim!"
Daí minha mãe responde: 
-Sei...e quanto tempo você não agoa esta planta?
-O quê?? A senhora não está molhando ela pra mim?



Tenso!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover