0

Memórias de uma Rosa



Encontrei esse texto, de Consuelo Suncin de Sandoval,  no livro Memórias de uma Rosa.
Pra quem não sabe, Consuelo foi um grande amor de  Antoine de Saint-Exupéry e tudo indica que ela seja a  Rosa do Pequeno Príncipe.

Os dois se conheceram em Buenos Aires e Exupéry a pediu em casamento no primeiro dia.

Mas assim como a rosa, Consuelo era uma mulher imensamente geniosa: Muito rica (ficou milionária ao casar-se com cônsul da Guatemala na França, que a deixou viúva aos 27 anos), possuía hábitos pouco usuais para uma mulher do seu tempo, como fumar, dirigir automóveis e viajar por todo o mundo. As más línguas a rotulam de condessa de mentirinha.

Assim começa uma história de dois boêmios que se entregam aventuradamente à vida. A relação é tormentosa, plena de rompimentos, afastamentos, distâncias, reaproximações, traições e amor.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover