0

Le Petit Prince


A verdade é que muitas pessoas me atraem, porém poucas são aquelas que me cativam. A gente perde tanto tempo com as distrações das atrações que pouco tempo nos sobra para enxergar o essencial que só se vê com o coração. 

Eu não sou o pequeno príncipe, não tenho uma rosa para cuidar, tão pouco um planeta só pra mim. Eu não viajei pelo o universo, não encontrei pilotos perdidos, mas sei muito bem o quanto é difícil entender as pessoas grandes e aprendi o valor inestimável de nunca desistir de uma pergunta. Talvez um dia eu volte para o planeta de onde vim ou vá para qualquer lugar que eu possa chamar de meu, pois sinto com uma certa frequência que este aqui não é o meu lugar. 

Eu simplesmente me recuso a aceitar a falsidade dos "bom dia", o desinteresse dos "tudo bem com você?" e a hipocrisia daqueles que apontam o dedo antes mesmo de se olharem no espelho. Pode o mundo se corromper em meio à superficialidade dos corpos, que eu continuarei aqui, profundo e disposto a ir um pouco mais além dos que se afogam no raso dos sentimentos. 

O que me toca vai além da pele e do contato físico, vai além das palavras que não são seguidas de atitudes. O que me toca de verdade é aquilo que consegue transpassar a barreira dos olhos e atingir a alma.  E eu sigo assim, procurando evitar que os meus olhos se distraiam e tentando ouvir mais atentamente o meu coração.


Luan Emilio Faustino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover