0

Não é da Clarice Lispector

Amados,
Ontem eu publiquei um texto muito lindo, chamado "Mude", mas que foi divulgado aqui no Tromba com o nome "Mudança". O texto é rotineiramente publicado em várias redes sociais e em inúmeros blogs com a autoria de Clarice Lispector. Assim, acreditando nas fontes e depois de ler o texto por várias vezes em outras páginas, publiquei aqui no Tromba a crônica.
Ocorre que, nessa manhã, recebi um email do autor do texto, Edson Marques, me explicando que na verdade, o texto "Mude" é de sua autoria:



Bom, eu não soube explicar para o autor, exatamente, onde eu li o texto com a autoria de Clarice Lispector. Isso porque, em todos os lugares que eu o li, o texto estava com a autoria de Clarice e não de Edson Marques.

Basta digitar uma parte do texto no Google Pesquisa pra confirmamos a proporção do equívoco:

Imagem retirado do Tumblr Frases de Claricehttp://claricelispectorfrases.tumblr.com/

.........................

.......................

..................

Fãs de Clarice glorificam-na nos comentários da Postagem sobre o texto "Mude", onde o site Dihitt publicou o texto com a autoria da escritora: http://bbamormaisforte.dihitt.com.br/n/auto-ajuda/2010/07/21/mude-clarice-lispector

............................
Print do Blog Futuro do Presente: http://futurodopresente.com.br/blog/index.php/2009/04/mude/

Bom, é notável que o autor terá uma grande luta pela frente. Essas páginas foram apenas algumas das inúmeras que publicam o texto como sendo de Clarice. É uma pena.

O mesmo equívoco ocorre com o poema também super famoso de Fátima Irene, chamado Solidão. O poema é publicado em todas as redes sociais com a autoria de Chico Buarque de Holanda. Eu mesma publiquei aqui no blog com a autoria errada e fiz uma ratificação depois que descobri o erro. A autora me explicou por email que vem desde 2004 lutando pelos direitos dessa obra e apesar de o Chico já ter sido comunicado sobre o erro, de acordo com a autora, ele ainda não divulgou nenhuma nota  pública desmentindo que seja o autor do poema. O texto solidão foi publicado no Tromba em fevereiro desse ano e é a postagem mais visitada do Blog, recebendo cerca de 200 visualizações por semana. Confira aqui.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover