0

Tulipas de Origami

Ontem foi um dia muito difícil. Fui fazer origami pra me acalmar. E isso salvou meu dia.  Estava sentindo falta de cores e de flores pra poder olhar. Até que da cozinha, dá pra ver um jardim bonito, do vizinho, mas ele é predominantemente verde (talvez por causa do mato que está tomando  o lugar) e a única flor que conseguiu abrir lá foi uma margarida. 
Então aprendi a fazer tulipas de origami. Foi bom, porque a mesa de café estava pedindo um mimozinho, um enfeite e cores. E meus olhos pediam flores. 





Foram minhas primeiras flores. Se eu conseguir aperfeiçoar, eu substituo essas. Origami é assim: cada vez que a gente faz, sai mais perfeito e lindo. Mas o importante mesmo, foi os momentos de paz enquanto eu fazia. Momentos tão raros, porque ando com a cabeça a mil. Chegando no meu limite. Tento lembrar de uma frase de Jesus: Benditos àqueles que nunca pensam que fazem demais pelos outros, ou que já suportaram demais
Enquanto eu fazia o origami conclui que quando a gente pensa assim, só fazemos coisas erradas. Machucamos as pessoas e a nós mesmos. Nos estressamos porque achamos que não podemos mais suportar isso ou aquilo. Bendito àqueles que nunca pensam que fazem demais. É sempre importante reclamar menos e fazer mais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover