1

As mesmas palavras

Algumas palavras não devem ser repetidas.
Porque elas só serão entendidas, depois que a pessoa que você quer que entenda, se encontrar sozinha com  as palavras. Um filho nunca entendi as advertências do pais, sem odiá-los, antes de sair de casa ou antes de perdê-los para a morte. Um sócio nunca entendi porque ele deixa a desejar na sociedade, enquanto o outro estiver ali para fazer o trabalho que ele deixa de fazer. 
E o companheiro nunca entendi o peso de um lar, enquanto houver a mulher na cozinha. 
Pouco adianta falar com eles. Minha mãe mesmo, passou a vida me pedindo ajuda com a casa, e nunca pude ajudar. 
É melhor você se calar. Porque quando alguém erra por falta de atenção, capricho ou interesse, é porque esse alguém acredita ter coisas mais importantes pra se preocupar. E acredita assim, porque enquanto houver alguém pra fazer por ele, de fato, essas cosias nunca serão tão importantes realmente. Assim, enquanto suportares fazer sozinho, não reclame, não tente chamar a atenção. O bom da vida é que tudo tem fim, absolutamente tudo. E aquilo que não resolve por causa da falta de coragem da sua partida, resolverá com a morte. 
Um filho não tem os pais para sempre.
O sócio que segura as pontas, um dia se cansa ou recebe um oportunidade melhor e vai embora. E sempre haverá um homem pra acolher as mulheres que são desvalorizadas no seu lar, sempre. 
Acredite no tempo. Depois que as palavras falham, que o pedido de ajuda cessa, lá está o tempo. Os pais sabem sobre implacabilidade do tempo. E eles temem por seus filhos. E por isso repetem, repetem. É apenas desespero. Não adianta repetir. 
Quando você fala muito alguma coisa pra alguém, se torna o vilão da história. As pessoas deixam de te ouvir. E usam sua insistência como desculpa, pra continuar errando, pra se enfurecer e não mudar. Você se tornará o vilão da história. Você será o errado da história. A partir das palavras repetidas, o sócio tem um motivo pra justificar sua falta de interesse, o filho tem um motivo pra justificar sua rebeldia, o companheiro tem um motivo pra procurar aventuras com outras mulheres lá fora.
O silêncio não tem contas a prestar. Então, enquanto estiver disposto a ficar, não reclame. E quando se sentir pronto, deixe a pessoa sozinha com suas escolhas, com sua falta de interesse. Deixe sozinha com sua falta de atenção. Ou melhor, deixe-a sozinha com pessoas que são como ela. É a melhor forma de dizer aquilo que esta pessoa precisa ouvir. É a melhor forma.  As pessoas sempre usarão o que você diz contra você. E nesse prisma, mais vale um silêncio certo que uma palavra errada!

(Sabrina Gomes)

Um comentário:

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover