2

Cartas de Amor

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.


Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.
(Fernando Pessoa)



2 comentários:

  1. Que poema mais original, eu adoro escrever cartas so não escrevo mais cartas de amor. Beijos amiga belo poema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andrea, amiga linda!! Que saudades de você!
      Esse poema de Fernando Pessoa é lindo mesmo. E bota original nisso!
      Coloquei seu perfil na páginas de amigos aqui do Tromba. Vê se não some! :)

      Excluir

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover