2

Advogado invade audiência e pede namorada em Casamento

Hoje me deparei com essa matéria, no site Migalhas. Um advogado invadi a audiência e simplesmente pede a namorada (que também é advogada) em casamento. Veja a reportagem e depois confira meu comentário:


Em Uberlândia/MG (tinha que ser em Minas é claro!) uma corriqueira audiência conduzida pela juíza do Trabalho Tânia Mara Guimarães Pena, da 3ª vara trabalhista, ganhou contornos hollywoodianos com uma romântica cena. Na ocasião, o advogado Fernando Monteiro de Castro Caiaffa adentrou a sala, solicitou autorização de todos os presentes e, após aguardar que se findassem todas as discussões pertinentes às partes, pediu a palavra.

"Eu sempre tive sorte em tudo na minha vida, na família que ganhei, pai que Deus me deu, na minha profissão e com meus amigos. Só me faltava uma pessoa para dividir esses momentos e a encontrei. Só me falta que ela aceite dividir a vida comigo", declarou-se o apaixonado causídico. E, de joelhos, pediu a namorada, também advogada, em casamento. Ela, prontamente, disse "sim".

A magistrada, inebriada pelo clima de romance que adentrou a sala junto com o causídico, adiou a audiência, que se transformou em cenário para a história de amor. "Assim, 'com a autoridade a mim conferida', eu os declarei noivos", contou Tânia Mara no termo de audiência.


Confira abaixo o termo de audiência.




Comentário: Sei que as pessoas devem pensar o seguinte: "nossa, que mico! Pra quê tudo isso, quanta vergonha!" Mas pedido de casamento não é algo que as pessoas fazem habitualmente hoje em dia, porque é uma decisão importante. São palavras tão cheias de forças, que a maioria dos casais preferem se juntar de uma vez, ignorando totalmente esta parte.
Então pensa: Se é pra fazer um pedido tão importante, que seja bem registrado, de tal forma que nunca seja esquecido. Quanto maior o mico, mais registrado fica. Isso melhora se há câmaras e redes nacionais presentes no local.
Mas se você é advogado, pensa bem antes de adentrar em uma audiência, interrompê-la e pedir tua namorada em casamento. Ao que tenho visto, os juízes aqui em Minas não são muito chegados a estas demonstrações de afetos, principalmente nas salas de audiências. Ao que me parece, o advogado aí foi esperto e interrompeu uma audiência cuja excelência era uma mulher e mulheres são românticas. Se fosse alguns outros juízes que eu conheço aqui, o mico seria bem maior, uma vez que o pedido iria anteceder um agradável requerimento: Recolha-se a sua insignificância Dr. Advogado, e aguarde o fim da audiência, porque eu não sou obrigado!
Como podem ver, nossa classe é muito bem tratada!(kkkkkkkkkkkkkkk) 



2 comentários:

  1. É sempre bom ver que o romance ainda esta no ar e em moda nos tempos modernos já estava sentindo falta do ramantismo de antigamente e esses casos sempre nos emocionam e surpreende. Que lindo. Beijos amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fico feliz quando vejo essas demonstrações de amor. Realmente elas deixam o mundo mais bonito.

      Excluir

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover