0

Trilha sonora da Semana

Vamos a número 1:

I Stand Alone, de Godsmack


Se eu tivesse que escolher uma música que representasse meu ano de 2013, seria essa.
Vocês tem que ver eu voltando pra casa do trabalho, cantando essa música, em alto bom som, levantando os braços e todo mundo me olhando como se eu fosse uma maluca! kkkk






Erik Satie - Gnossienne 1


Amooooo, amooooo, amo ao infinito absurdamente. Gnossienne 1 é uma das minhas músicas favoritas. Eu amo as músicas do compositor Erik Satie, porque elas me levam para algum lugar, me hipnotizam, não sei explicar. É místico, é mágico. Engraçado que li sobre ele e descobri que os grandes compositores da época o desprezavam, dizendo que ele era medíocre, preguiçoso, imprestável e sem o menor senso de ridículo. Tudo porque Satie não era convencional. Fazia partituras simples, repetitivas e estranhas. Dale Satie, toca aqui mano! Tamo junto, amigo! É noixx inserindo a mediocridade nessa "gente" vã! kkkkk

Satie é um tapa na cara desse povo metido a "analisar" música ao invés de senti-la! Existem clássicos além de Mozart e Beethoven, acreditem! Ele faz um estilo mais místico e misterioso. É lindo, gente, é lindo! Não deixem de conferir as outras Gnossienne's de Satie. Acho que são 6 no total. Minhas prediletas são  Gnossienne No. 1 e  Gnossienne No. 3.
Satie morreu em  1 de Julho de 1925. A interpretação abaixo é de Alessio Nanni


Sinhá, de Chico Buarque


Engaçado meu relacionamento com o Chico. Algumas músicas dele, me tomam a vida, dependendo da fase que eu passo. As vezes, as músicas não tem nada a ver com o que eu estou passando, mas elas de repente tocam meu coração de tal forma, que eu não consigo parar de ouvir e fico cantarolando o dia toda. Sinhá é um exemplo. A primeira vez que eu ouvi, nem liguei muito, porque tinha outras músicas do Chico que eram mais importantes pra mim. Mas hoje em dia, cada palavra dessa música é gravada em mim. Coisa mais linda do mundo esse escravo a implorar para seu Senhor, que não lhe fure os olhos. Chega a doer o coração, a parte que ele apresenta argumentações, afirmando que nunca olhou com malícia para Sinhá:
Por que talhar meu corpo
Eu não olhei Sinhá
Pra que que vosmincê
Meus olhos vai furar?
Eu choro em iorubá
Mas oro por Jesus
Pra que que vassuncê
Me tira a luz?
Gente, eu arrepio a epiderme! Pensa em um música perfeita, tão perfeita. Porque como pode uma pessoa (que nunca viveu em condição de escravo) interpretar tão bem o medo e o sofrimento de um homem que está prestes a ser aleijado por seu senhoril?  Só mesmo Chico Buarque e João Bosco.


A música é cheia de detalhes e registros históricos. Se você quiser saber um pouco mais, pode ler esse artigo perfeitíssimo do Professor Juscelino, onde ele explica a música detalhadamente.


Acontece em.... Banda Facada


Esse post estava pronto há milhares de anos luz, mas estava impedida de publicar por causa dessa bendita música que eu não conseguia encontrar em vídeo no youtube. Pelo menos, não consegui achar um vídeo que exibisse apenas essa música da Banda Facada. Então eu mesma dei um jeitinho nisso. Hospedei ela pra poder compartilhar com vocês.

É outra música que eu adoro cantar no caminho de volta pra casa.


O que vai acontecerrr????? Facadaaa!!! kkkk adoro, gente, de verdade! 



E você? O que você anda ouvindo ultimamente? Qual sua trilha sonora particular?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover