6

Uma crônica sobre amores imperfeitos e irreais



O texto abaixo é de autoria de Verônica Neves, do blog Poética de Pensee


Às vezes parece mais simples ficar sozinho. São tantas qualificações requisitadas, tantos empecilhos postos para evitar possíveis pretendentes, que temos a impressão de que fica cada dia mais difícil de encontrar quem nos agrade e iniciar um relacionamento. O moço, ou a moça, dos nossos sonhos precisa ter um tipo de beleza que nos agrade, ser inteligente, ter um gosto parecido com o nosso, ter bom humor, mas também não pode ter humor demais. Precisa gostar de viajar, de ler livros interessantes, não ser ciumento, mas precisa ter um pouco de romantismo. Diante de uma lista tão grande de pré-requisitos, acabamos por vezes fantasiando um príncipe encantado que jamais existirá. A metade da laranja, a tampa da panela, a alma gêmea, sao todas criações do imaginário coletivo.

Por mais idealizações que façamos, vamos ter que nos conformar: nossas relações são reflexos de nós mesmos e, sendo assim, nossos amores sempre serão imperfeitos e reais.

Inevitavelmente vamos nos apaixonar por alguém que tenha manias irritantes e defeitos que aprenderemos a aceitar. E provavelmente nos apaixonaremos muitas vezes por pessoas que nunca imaginaríamos que fosse possível. E, óbvio, quebraremos a cara por diversas vezes também. Mas por quê?

De Ocidente a Oriente, no Brasil ou na Islândia, não importa a cultura ou a religião, as pessoas vivem uma incessante busca pelo amor. Alguns psicanalistas afirmam que a procura por um parceiro se da por querermos sanar o vazio existencial que adquirimos diante da separação de nossas mães no nascimento, outros afirmam que buscamos relacionamentos porque é através da convivência com outrem que descobrimos facetas de nós mesmos, que temos a chance de nos encontrar e nos redescobrir.

Além de tudo isso, temos o fator influência cultural que nos faz querer casar, ter filhos, família, casa, e alguma sensação de segurança, ainda que falsa, afinal tudo pode mudar a qualquer momento.

Seja lá qual for a vertente de pensamento correta, e ainda que a nossa busca atordoada por um amor para chamar de nosso seja fruto da soma de todas essas hipóteses e mais algumas, fato é que todos nós estamos buscando o que fazer diante da vida. E se precisamos ir até o fim, sem nem saber que fim será esse, que ao menos tenhamos alguém para dividir os sonhos, os domingos chuvosos e aproveitar a sensação de aconchego que é poder ser aquilo que se é sem precisar provar nada a quem quer que seja.

6 comentários:

  1. Que texto lindo! Às vezes me pego perguntando porque procuramos tanto um amor, está em todos lugares, nas novelas, nos jornais, na revista que dá dicas estranhas e pouco confiáveis de como conquistar a alma gêmea. Não consigo entender porque isso, se é influência da mídia ou não, se temos algum tipo de solidão que nunca se cura ou não... Mas estou procurando o meu amor também, mesmo sem entender porque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Marina. Acho que por mais que tentamos ser mais egocêntricos, acabamos sentindo falta de algo ao nosso lado. E como bem vc observou e como bem está no texto, a gente não consegue saber porque as coisas são assim. Tentamos fugir, mas no final, buscamos sempre alguém.

      Excluir
  2. Acho que tô quase provando que o Amor de hoje nada mais é do que um dia de "natal" disfarçado no nosso dia a dia, apenas uma palavra que reflete no consumismo.. uma pessoa sozinha come qualquer coisa pelo caminho, não precisa de uma cama de casal, não precisa de seguro de vida, não precisa de uma casa grande, não se vai a um restaurante caro jantar sozinho.. Tá eu sou um "forever alone", não conta muito né rsrs..

    eumaiorabandonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido amigo Gilvan,
      Se ficar só é bom porque não precisamos ir à um restaurante caro, não precisamos de uma cama grande ou um seguro de vida, melhor então que encontremos alguém mesmo!
      Você merece o melhor que a vida tem pra te dar. O melhor restaurante, a melhor cama, a casa mais bonita. Se as coisas estão difíceis, não devemos nunca deixar de sonhar com o melhor, de o almejar e o desejar.
      As vezes, não conseguimos alcançar o melhor quando estamos sozinhos, mas as vezes, pelo outro, transformamos nossos sonhos em realidade. Quando comecei a namorar com meu companheiro, eu era uma menina sem nenhuma expectativa de vida. Eu lutei pra melhorar a minha expectativa, porque, pior que não ser de uma família rica, era não ter expectativa nenhuma de crescer. Me formei, tenho minha profissão e adquiri minha expectativa. E não fiz por mim. Fiz pra ficar em paz com ele e podermos ter uma vida boa e segura se um dia viéssemos a casar. Sei que para os homens as coisas não são fáceis: as mulheres querem mimos, querem o melhor. Homens tem muito mais responsabilidades em um relacionamento. Mas existem companheiras e companheiras! A diferença está na escolha daquela que vai ficar do seu lado, acreditar e sonhar junto com você. Elas existem!

      Excluir
    2. Você esta certa, mas nem todo mundo tem a sorte de um amor tranquilo (E eu nem me preocupo mais com isso). Felicidades pra vc sempre amiga. Abraços!!

      Excluir
    3. Acho que amor "tranquilo" ninguém tem! kkkkkkkkkkkk Não adianta procurar desse aí que eu acho que não existe não!
      Mas vc tá certo: o amor pra vida inteira não precisa ser prioridade na vida de muitas pessoas. E como bem disse o texto, se a gente for parar pra pensar em motivos racionais pra se procurar um amor, ficamos sem motivos nenhum!
      Beijos Gilvan querido!

      Excluir

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover