2

Corrupção não é exclusividade de Políticos


Hoje eu precisei usar uma lan house e a mais próxima que encontrei foi uma localizada do Big Shopping em Contagem. Usei a internet lá, apenas porque precisava fazer impressão de um documento. Assim, fiquei lá por exatos 10 minutos, já advertida que o preço mínimo que seria cobrado, seria referente à 15 minutos. Mas qual não foi a minha surpresa no momento de pagar a conta e saber que ela tinha ficado em R$3,50. Dez minutos de internet e uma impressão de um documento custaram-me R$3,50! 

Eu fico pensando se só eu acho absurdo tudo isso. Diariamente eu fico espantada com a postura de certos comerciantes que oneram de forma absurda certas produtos e serviços que sabemos muito bem que não valem tudo isso.
É claro que a estrutura tributária do país atrapalha muito os comerciantes a oferecerem um preço mais justo. No entanto, sabemos bem que não é somente o imposto que onera os valores desses produtos, mas a ganância também.


Produtos que são adquiridos por um valor bem baixo e revendidos pelo triplo do preço, as vezes, quádruplo do valor original. O fato é que o comercio brasileiro é um tremendo carrasco, impiedoso e corrupto. No interior, a situação ainda é pior. Na minha cidade natal, os comerciantes compram calças de R$50,00 em São Paulo e as revendem por R$150,00 até R$200,00 nas suas boutiques. 

Isso acontece porque o povo age dentro do ditame: cada um por si e Deus contra todos! Há uma nuvem de medo que paira no ar. Todos foram educados a lucrar o máximo que se puder lucrar, porque tudo é difícil, porque tem gente passando fome, porque os recursos são escassos, porque somos um pais do submundo, porque tudo é caro.....Então, saímos todos de casa com um único objetivo: levar o máximo de vantagem que pudermos em cima do outro, sem precisar gastar muita energia com isso. E então, temos um país de corruptos.

E só quem perde com essa ganância,
são os próprios brasileiros, sejam os comerciantes, sejam os consumidores. Porque o mundo hoje já não comporta mais esse tipo de coisa. Lá fora, existe o comercio exterior, oferecendo produtos com qualidade melhor e preços insignificantes. Eu mesma, já não compro mais maquiagens ou acessórios no Brasil. Só compro pela internet, produtos que vem de fora. E apesar da demora em receber tais produtos, sei que compensa muito mais. Não só porque o preço é baixo, mas também porque o tratamento é bem melhor, chega a ser vip comparado ao tratamento que temos nas lojas brasileiras.

E o nosso povo, ao invés de baixar os preços ou melhorar na qualidade dos serviços, o que fazem? Aumentam os tributos dos produtos importados, com a desculpa esfarrapada de proteção ao comercio nacional.

As pessoas falam muito de corrupção quando o assunto é política. Elas estão no facebook discursando sobre a falta de ética do governo Dilma e se sentem muito intelectuais exasperando críticas sem nenhuma pesquisa ou fundamento concreto. Elas se revoltam com o governo, mas quando administram sua própria vida, faz exatamente o que o político corrupto está fazendo: levando vantagens o máximo que elas conseguem levar. E acreditam que quando uma pessoa ganha um cargo político, ela vai mudar e se tornar ética da água para o vinho?

Ninguém precisa roubar celular hoje em dia, mas todo mundo que encontra um celular perdido, raramente devolve ao seu proprietário. Prontamente, retiram o chip e ainda contam vantagem: Cara, achei um celular fino esses dias, foi muita sorte! Não devolvem o troco dado a mais no mercado da esquina, sonegam impostos, prometem e não cumprem.....Os homens empurram as mulheres no metrô pra sentarem no banco, já vi gente machucar criança só pra sentar num banco de ônibus. 

A gente espera que os políticos sejam honestos, mas eles vieram desse mesmo meio de pessoas que mentem, que forjam, que prejudicam o próximo. Porque diabos o político se tornariam um bom samaritana ao assumir um cargo, se ele desde que nasceu, nunca teve ética nessa vida? Você acredita que um homem que compra uma calça por R$50,00 e a revende com uma margem de lucro de 400% teria ética e honestidade se caso viesse a assumir um cargo político? Acredita realmente que alguém que acha um celular e não devolve recusaria uma bolada de dinheiro público na conta, caso vislumbrasse oportunidade? 

Do fundo do meu coração, quanto mais eu cresço nesse meio e conheço esse jeitinho brasileirinho, mais me convenço de que tudo que dizem da gente lá fora é mais que justo. Cada vez que eu vejo um homem forte, saudável, empurrando uma mulher no metrô pra conseguir um lugar pra sentar, cada vez que eu vejo mães ensinando seus filhos  o velho ditado: achado não é roubado, cada vez que convivo com isso, tenho mais e mais certeza que nosso povo merece os políticos que tem. 

Adoramos dizer que somos um povo amigável, sem preconceitos e simpáticos. Mas a verdade é que nos bancos, ninguém te atende, nas lojas se você tiver mal vestido, nem é notado. Se você é pobre e namora um cara com vida melhor, você é interesseira, pessoa má, sem mesmo te conhecerem, mas se você for rica e tiver olhos azuis, não precisa abrir a boca pra falar, porque todos já te amam pra sempre.

O Brasil é um país de hipócritas. São todos muito éticos na hora de criticar a política, na hora de fazer textos no Facebook pra se mostrar participante, todo mundo é ético na hora de sair na rua com sua máscaras do Anonymus e pagar de protestante, mas a verdade é que maioria destas pessoas, não valem o pão que elas comem.


Quando olhar para um político, não olhe como se ele fosse um ser que veio de outro planeta. Ele é o reflexo da nossa educação, do nosso senso ético, da nossa cultura (ou a falta desses).







2 comentários:

  1. Na minha cidade também acontece o mesmo Sabrina, comerciantes compram roupas em São Paulo e afins e revendem quinze vezes mais caro. Pior é que todo mundo sabe que essas roupas são compradas mais baratos, mas por não poderem ir em SP, acabam comprando caro mesmo.

    Me passa esses sites de compra de maquiagem Sabrina? Gosto de comprar pela internet também, apesar de demorar mais, só que não conheço nenhum site confiável, prefiro não arriscar...

    Quando você falou da lan house, lembrei de uma vez que fui no sapateiro, colocar aqueles carrinhos de ziper em uma blusa minha, que soltou e sumiu. Pra colocar o carrinho e costurar, o sapateiro me cobrou 4 reais, sendo que ele fez lá na hora, em menos de cinco minutos. Contei meu pai e ele disse que um carrinho desses custa 10 centavos. Achei isso tão absurdo, eu mesma poderia ter costurado o negócio, se quisesse. E depois, são apenas os políticos que são corruptos...

    Aproveitando que você falou de hipocrisia, vou deixar o link de um vídeo muito interessante que assisti, acho que você vai gostar. É de uma campanha americana onde um homem estava andando com uma placa escrita "foda-se os pobres" (ou algo assim). Olha só: https://www.youtube.com/watch?v=eBuC_0-d-9Y

    ResponderExcluir
  2. Eu achei o vídeo incrível. Foi peculiar perceber a preocupação das pessoas em expôr sua indignação com relação ao insulto à camada pobre. E o silêncio delas perante o pedido de ajuda de um pobre. Como dizem: Um tapa na cara da sociedade! :)

    ResponderExcluir

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover